Empreender ou trabalhar para um empreendedor?

A questão é simples, mas a resposta pode não ser tão objetiva assim. Afinal, empreender requer um conjunto de esforços e dedicação acima da média. O trabalho é duro, mas a recompensa pode valer a pena. Antes de decidir, continue a leitura para descobrir os prós e contras de empreender ou trabalhar para um empreendedor.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Amway Global Entrepreneurship Report, 56% da população brasileira tem desejo de empreender em algum momento. Ao passo que, 1/3 das empresas encerram suas atividades em até dois anos de vida no País, conforme o Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas.

Muito mais do que uma decisão lógica, decidir empreender é muito mais um “chamado” do que uma avaliação objetiva de prós e contras. Com o alto índice de fracasso, é importante para o quem deseja empreender ter cautela. Para se iniciar um novo negócio, é preciso planejamento, dedicação e muita persistência.

No mais, podemos citar alguns indícios que podem apontar que você está pronto para empreender.

Eu estou pronto para ser um empreendedor?

Para saber se você está pronto para empreender, você deve levar alguns itens em consideração na hora de se questionar. Confira a lista a seguir e descubra se a hora é agora!

  1. Seu emprego atual não te motiva

É claro que você não vai ao trabalho explodindo fogos de artifícios todos os dias. Isso não é errado e muito menos incomum, porém se você vai para o seu local de trabalho dia após dia contando os minutos para o expediente terminar, daí a conversa é outra. Nesse momento, é importante analisar se chegou o momento de reavaliar os motivos que te levaram a este emprego ou se é hora de construir um negócio para chamar de seu.

Você também pode consultar o artigo O que é jornada de trabalho intermitente? para descobrir se esse regime de trabalho se adequa melhor às suas necessidades.

  1. É preciso ter paixão

Como diria Romero Rodrigues, o fundador do Buscapé, “o fundamental é você manter sempre a mesma obsessão em alcançar o sucesso. ” E para isso é preciso ter paixão. Para um negócio prosperar, além de uma boa ideia, a habilidade em colocá-la em prática é necessário adicionar paixão.  Amar o que se faz é meio caminho andado no percurso para o sucesso.

  1. Informação atualizada e de qualidade

É preciso ter informação atualizada e de qualidade sobre o segmento que você deseja atuar. A base de um empreendimento é o que ele tem de mais importante, é a diferença entre ter ou não força capaz para superar obstáculos. Cuide dos alicerces.

  1. Você vai falhar muitas vezes

Jeff Bezos, o fundador por trás da Amazon já dizia: “O que é perigoso é não evoluir. ”  Então lembre-se que não importa quantas vezes você errou, um único acerto pode compensar tudo. Lembre-se disso.

  1. Caia sete vezes, levante-se oito

De certa maneira, quem deseja empreender precisa de um grau motivacional elevado para entrar de cabeça no negócio. Por outro lado, é importante deixar claro que a escolha por empreender abre as portas para um retorno financeiro bem maior do que um emprego tradicional, além de proporcionar maior autonomia e satisfação.

Por isso, é necessário ponderar os prós e contras. Mais do que isso, é importante avaliar qual é o seu real desejo agora em relação a sua perspectiva de futuro profissional. Ponderar é a palavra da vez.

Dica de empreendedor

Se você chegar à conclusão de que deseja realmente ser um empreendedor e quer correr atrás das oportunidades, leia o artigo Tecnologia:  aplicativos para um gerenciamento inteligente e veja como a tecnologia móvel pode te ajudar na sua empreitada.

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *